Sistema degestivo e respitatório

O tubo digestivo tem como particularidades: o bico sem dentes, o papo, a moela e termina na cloaca.

 

Não possuem bexiga e o excremento é nitrogenado é o ácido úrico, eliminado junto com as fezes.

A respiração é sempre pulmonar e o aparelho respiratório está associado ao órgão do canto ou siringe.

 

 

Na circulação, que é dupla e fechada, o coração apresenta duas aurículas ou átrios e dois ventrículos. Não há mistura de sangue venoso e arterial no coração (dupla e completa). A artéria aorta que sai do ventrículo esquerdo tem uma curvatura (crossa) para a direita, ao contrário dos mamíferos que têm esta curvatura para a esquerda.

Para protecção dos olhos, possuem sob as pálpebras a membrana nictitante.

O principal avanço das aves em relação aos répteis reside na sua capacidade de controlar a temperatura do corpo, mantendo-a constante, independente de variações ambientais: são vertebrados homeotérmicos. A homeotermia garante às aves fácil adaptação aos mais variados ambientes terrestres, tornando possível sua larga distribuição geográfica. Além disso, a capacidade de voar permitiu a exploração do meio aéreo, ampliando sua distribuição a praticamente todas as regiões da Terra.